quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Dedique uma canção a quem você ama

A Rádio Atividade leva até vocês
Mais um programa da série
"Dedique uma canção a quem você ama"


“Eu insisto em cantar diferente do que ouvi”.

Essa frase é do Oswaldo Montenegro, mas poderia ser da minha mãe, ou ao menos inspirada nela.

Ela adora cantar. Quando o karaokê foi instalado em casa, eu ligava e a ‘véia’ estava rouca de tanto espantar os males. O melhor de tudo é que ela erra mesmo lendo!

Um dia ela estava lavando a louça e cantando uma música do Felipe Dylon (a qual eu me recuso a comentar). A letra originalmente dizia: “O menina deixa disso quero te conhecer, vê se me dá uma chance, to a fim de você”. Então, minha irmã me chama para ouvir a letra que a mãe inventou e cantava a plenos pulmões: “O menina do subúrbio quero te convencer...”.

Num stand up, Danilo Gentili contou que a mãe dele também é assim. Um dia chegou em casa e ela estava cantando uma versão não aprovada pelo clero para a música do padre Marcelo. “Erguei as mãos e dá o fora Deus...”, cantava a mãe dele.

Uma amiga conta a história da vizinha que tinha o português invejável e um gosto musical peculiar, a qual cantava, ‘A lenda dessa paixão’, de Sandy e Junior. Ela dizia: “Se alembra dessa paixão?”.

******
Quando vi o tema da postagem coletiva não pude deixar de contar essa história. Pena que fui enviar às 23h47, mas a postagem já estava encerrada... Enfim, fica o relato!

9 fizeram a Carol feliz...:

Graci Polak disse...

Hahaha

Claramente este texto poderia ser inspirado nas minhas canções também, rsrs

Sua mãe é parceira, Carol!

Vivianne Marques disse...

"Na madrugada vitrola rolando um blues, tocando de biquini sem parar"

Pronto eis minha perola musical!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Carmem L Vilanova disse...

E eu, particularmente, adorei o teu relato...
Bejios, flores e muitos sorrisos!

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, as vezes acontece de esquecemos parte da canção, ai inventamos trechos...

Até hoje eu lembro que a Ex-BBB Solange "fez" uma canção através da canção do Michael Jackson, se é que a canção dela era uma canção.

Fique com Deus, menina Carolina Filipaki.
Um abraço.

Maris Morgenstern disse...

Tenho um amigo q cantava na igreja uma música q nao lembro, claro,
mas era algo sobre a beleza de deus, ou algo assim
e ele cantava sobre a própria beleza.
Nunca mais esqueci ( a his'toria, pq da música né...)
eu acabo com ditados populares...
até hoje falo: matar dos coelhos com uma caixa d'água só

Maris Morgenstern disse...

Sob sugestão inteligentissima da Blueees, meu ultimo texto virou meme. Não tem regras eu acho. Tá acabei de criar,
qualquer pessoa q seja linkada no meme precisa então responder.
e oh, vc estava lá...
então vê lá
e faz aí seu estamento tbém...
Bjoooo

Michele Mitsue disse...

Isso sem comntar com as músicas em inglês...pérolas é o que mais tenho!

Mari disse...

Menina.... sou do clube da sua mãe... erro em todas as música que canto.. quer dizer encanto!!!!

Como sempre seu Blog está super interessante....
Bjossss

Dinorah disse...

Minha irmã, cantando Chico Buarque:
"devolva as bermudas" - (devolva o neruda.
Adorei o seu blog. vou segui-lo. Boa sorte e Feliz natal.
Dinorah