quinta-feira, 27 de maio de 2010

Imagens que me fazem suspirar



Uma imagem diz mais do que mil palavras, já estabeleceu o velho ditado. Duas pessoas podem se amar, mesmo sem conseguir explicar ou denominar o que sentem. Mais um dia dos namorados está chegando, mas acho que nunca encontrarei outra história tão linda e de amor tão verdadeiro.

Sempre exagerada, não consegui escolher uma fotografia, somente. Cada uma destas fotos me emociona e sempre que estou desistindo da profissão elas me aparecem no caminho, mostrando que há momentos de plena felicidade no cotidiano cansativo e atrapalhado que eu tenho. Cada uma delas tem sua história e me toca de uma forma diferente.

Colheita da uva - 2008
O que eu mais adoro nesta foto é a satisfação do agricultor com o seu trabalho.



Pêssankas - 2009
A beleza e a delicadeza dos ovos artesanais, pintados pelas mãos calejadas do jovem trabalhador rural.



Ipê - Fernandes Pinheiro
Esta foto ficou salva como 'meu ipê'. Ele é obra da natureza, mas o considero meu porque esta imagem me enche de alegria.



Há mais de 15 anos, faça frio ou sol, este senhor cuida de uma plantação de repolhos que fica a mais de 5km da casa dele. Apesar da estrada ruim e esquecida pelo governo local, ele não reclama, é feliz por ter trabalho.



Rodeio de Irati - 2009
Gosto da composição desta foto, do colorido, da luz.



Espero que essa minha nova contribuição para o Espaço Aberto também tenha emocionado vocês!

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Epitáfio a Damasius

Damaris, aquela que nunca aprendeu malabares,
Fugiu dos nossos olhares
Parou de comer as frutas dos nossos pomares
Pegou seu barco e foi aos mares
Em busca de novos ares, outros luares

****
Para Damaris, a fã dos meus epitáfios...
Ah, Damaris, ainda bem que posso trocar o I pelo E para rimares!

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Um tal de MEME


Fui convidada pra um tal de Meme. Fui logo pensando nos salgadinhos e docinhos desta festa. Confesso: Não sabia o que era MEME! Pensei em:
- MEu amigo ME sacaneou
- Sei lá... Se tenho que fazer a mesma coisa que ele deve vir de “la même chose” em francês...
- Um gago dizendo Meme ferrei nenessa!
- Fui pesquisar e descobri que o termo meme foi criado por um pesquisador em 1976, Richard Dawkins. Ele tem relação com a memória na genética. É considerado como uma unidade de informação que se multiplica de cérebro em cérebro ou em livros e outros locais de armazenamento de informações.
Bem no fim é tudo isso mesmo. Me ferrei e tenho que contar seis coisas que vocês não sabem sobre mim em um blog. Ou seja, meu amigo me sacaneou, meus segredos são "lê même" que os de muita gente, estão sendo publicados e difundindo a idéia do meme em um local de armazenamento de informações, meu blog, informações inúteis, eu sei, mas é um local onde elas são compiladas.
Este foi o primeiro segredo.

Quando pensei em ‘segundo segredo’, surgiu-me a frase: ‘o segundo segredo de Fátima’. Então lembrei que quando era criança, a professora da catequese chegou na aula com uma carta dizendo que o mundo ia acabar, que haveria uma grande tempestade, tudo viraria escuridão, só as velas dos altares continuariam acesas e que os pecadores morreriam. É lógico que naquela noite choveu e chorei arrependida, crente de que iria para o inferno, pois durante a tarde eu havia roubado um dinheirinho da minha mãe para comprar chocolate na Dona Dirce - uma velha ranzinza que tinha todos os doces do mundo na sua bodega.
E este foi o segundo segredo de Carolina.

Mudando de saco pra mala, ninguém que olha para mim diz isso, mas sou uma ótima dona de casa. Sei bordar ponto cruz, fazer crochê e tricô, além de limpar, lavar, passar e cozinhar. Fora cozinhar para os amigos, o resto faço só para mim. Já disse, não confundam, não é porque eu sou para casar que eu quero casar.
Já sabem a terceira inutilidade sobre a minha pessoa.

Fico descontrolada em lojas de livros. Outro dia comprei cinco de uma vez. São todos muito bons e valeu a pena. Tenho ciúmes dos meus livros e certa dificuldade em dar um livro de presente porque sempre quero todos para mim. Não consigo deixar um livro pela metade. Tenho a impressão de que o personagem depende de mim para continuar a sua vida. Sofro em imaginá-lo preso a um momento por culpa minha!
Acabo de pensar que esta quarta revelação pode render um livro sobre o ódio de um personagem por um leitor que o deixou abandonado no meio da leitura, sem poder cumprir o seu destino.

Adoro dar presentes. Às vezes estou andando por um lugar, vejo algo que me lembra alguém e compro. Gosto de presentes significativos, aquele tipo de coisa que só você e o presenteado vão entender porque é algo que não tem nada a ver com o resto do mundo. Já comprei presentes e acabei não dando por achar que a pessoa não entenderia a minha intenção. Gosto de surpreender e só, sem segundas intenções (às vezes tenho milésimas intenções, mas isso não precisa ser citado).
E lá se foi o penúltimo pedacinho de mim.

Isso já está ficando muito revelador...

Geralmente os perfumes acabam antes da última prestação. Os compro via internet em três vezes. Não, não bebo perfume, prefiro álcool mesmo! E gosto de beber cheirosa...
And that’s it! This is my last secret!

Agora, tudo o que tenho que fazer é indicar o mesmo número de pessoas que o de segredos para eu sacanear! Vou tentar escolher aqueles que eu acho que não deixarão de fazer, mesmo sabendo que se não fizerem o meme, ainda assim, continuarão sendo lindas, queridas, charmosas, mas nós deixaremos de saber algumas coisinhas inusitadas sobre eles...
Então, vamos lá:

Damasius, minha primeira seguidora, meu primeiro comentário recebido no blog.

Déia, porque acho incrível a capacidade de atualizar o blog todos os dias e porque ela vai ser mamãe e deve estar sentimental!

Daniel Savio, porque ele nunca deixa de comentar um texto e sempre me deixa muito feliz.

Rafael, o último blog que comecei a seguir.

Carol, quer nome mais lindo que esse? Adolescente, cheia de ideias e amores.

Dani, acho que ela não recusaria o convite porque ela é vidrada em marketing de blog e não vai perder essa oportunidade.

Gostaria de indicar novamente o Veloso que foi quem me fez entrar nessa! Mas sei lá se ele tem tantos segredos assim! Paranaense criativo demais. Adoro as formigas. A bonequinha pretinha de biscuit deve ter sido inspirada em mim!
Gostaria também que todos os blogueiros que eu sigo participassem, pois sou muito curiosa sobre a vida de todos eles!

terça-feira, 18 de maio de 2010

Epitáfio V

Não ria porque meu túmulo é um jornal
Muito menos porque escrevi mal
Volto puxar o seu pé
E só vou embora depois do café

Escrever epitáfio é quase arte
Antes um escrito por mim
Do que outro falando qualquer coisa
Da qual eu não faça parte

Não fiz nada de nobre
Até minhas rimas foram pobres
Só peço que agora você não se emocione,
Nem chore

Morrer é a única coisa
Que eu tinha certeza que um dia faria
O que para quem deixou de lado certas noites de folia
É quase uma alegria

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Sentimentos em liquidação

Um texto no estilo "Pamonha, pamonha, pamonha. Pamonha de Piracicaba!" ...

Liquida-se a saudade
Estoque disponível em grande quantidade. Aceita-se amor presente em troca. A saudade é um bem geralmente pouco valorizado pelo objeto na qual foi depositado, entretanto, é sentimento valioso. A saudade pode ser mantida em qualquer lugar, especialmente nos mais distantes e escondidos. Facilmente encontrada em diários. É preciso estar consciente de que fora de controle pode levar às lágrimas e causar sensação de tristeza. A saudade é a única coisa que se pode matar sem ser punido.

Liquida-se a fé
A quantidade é limitada e o produto vendido em gotas. Produto perecível e que deve ser armazenado com cuidado, pois perde-se facilmente.

Liquida-se o ódio
Troca-se por compaixão e em em alguns casos, diante de análise aprofundada, por amor.

Liquida-se a mágoa
Só pode ser adquirida mediante apresentação de perdão. Quem a levar deve administrá-la juntamente com a consciência, pois uma vez espalhada, a mágoa tende a crescer e proliferar, tornando difícil a absorção do perdão depois de certo tempo.

Liquida-se a falsidade
Essa não deve jamais ser utilizada - a única ocasião liberada é para desculpas esfarrapadas para festas surpresas. Só pode ser levada na aquisição da mesma quantidade de perdão.

Liquida-se a angústia
Aceita-se confiança no negócio. Doses de pontualidade também podem fazer parte do pacote, pois em algumas situações tendem a diminuir a atuação da angústia.

Se eu pudesse comprar, eu compraria:
Alegria causada pelo cheiro de chuva, sensação de bem estar, amor meloso em dia frio,companhia para comédia romântica e suspense, sabedoria e amizade. Faz-se qualquer negócio. Troca-se tudo por carinho, aceita-se programas de índio de mãos dadas como parte do pagamento.

sábado, 1 de maio de 2010

Sobram vagas no mercado

Por falta de qualificação e procura, sobram vagas para o cargo de namorado em todas as cidades do país. Estima-se que em todo o mundo o número de vagas seja correspondente a aproximadamente 30% da população feminina acima de 25 anos.
O que mais surpreende é que essa profissão não exige experiência, basta ter amor, gostar do que faz e investir um pouco de tempo. O retorno em carícias, beijos e noites inesquecíveis é garantido.
As mulheres com vagas em aberto são, em sua maioria, lindas, independentes e inteligentes. Elas não selecionam pela beleza - os feios competem em nível de igualdade, desde que sejam legais. Um dos problemas que mantém os índices de solteirice tão altos pode ser o excesso de qualificação, que além de assustar os candidatos que não possuem atitude, tornam o processo mais longo e por vezes doloroso. Elas não exigem conhecimento de política, mas não dispensam bom gosto para cinema, literatura e camisas. Elas gostam de futebol, bebem cerveja, dividem a conta e diferenciam sexo e amor. Se necessário, falam palavrão.
Os interessados não devem enviar currículo. O processo seletivo é totalmente baseado na personalidade dos candidatos que terão todas as oportunidades necessárias para mostrá-las. Entretanto, uma oportunidade dispensada pode significar eliminação imediata. Um olhar, sorriso e bom papo são indispensáveis para o início da seleção. Atitude, criatividade, perfume marcante e não enjoativo são considerados diferenciais.

***
Texto inspirado nos últimos posts das amigas Paulinha, Carol, Déia e Larissa...