quinta-feira, 29 de julho de 2010

Grávida



Não sou mãe, mas já estive grávida.
Engravidei de esperança quando rezei com toda a minha fé.
Teci sapatinhos com linhas de sonhos para trilhar o meu caminho quando escolhi minha profissão.
Preparei o berço para aconchegar os amigos que ia encontrar.
Chorei de medo do que estava por vir.
Amei tanto que parecia não caber em mim.
Imaginei o futuro com todos os seus detalhes e cores, em plena harmonia, em perfeição.
Embalei desejos, cantei canções de ninar.

Gravidez de vida não acaba, renova-se.
E nesta espera não há homem ou mulher, estamos todos grávidos, bordando toalhinhas em ponto de esperança, concebendo dia-a-dia o nosso futuro.

15 fizeram a Carol feliz...:

Isadora disse...

Carolina, que lindo texto. Isso sim foi bem poético. A gravidez é da vida também e de tudo que aguardamos.
Um beijo

Carol disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carol disse...

Nossa, quanta inspiração!!!
Lendo seu texto, refleti e cheguei a conclusão de que também estou grávida da vida pois estou a espera de que minha vida se renove a cada dia, que eu possa sempre aprender coisas novas e quando achar que não posso mais prosseguir, eu paro tudo, engravido novamene e refaço minha vida!
Adorei! *-*

Beijos

Athila Goyaz disse...

Adoro essa música na voz da Marina Lima, o seu texto ficou lindo, comlementando a canção!


eu tb digamos que estou grávido!
bjuss

Maris Morgenstern disse...

e eu da Mariana,
que um dia vai chegar...

Michele Mitsue disse...

E eu da Valentina, que acho que será por barriga de aluguel mesmo....kkkkkkkkkkkkkk.
Fofo o texto.

Cíntia disse...

Ahhh... muito fofo Carol...

Eu tbm estou ( e vivo) grávida....

hahahaha

bjo

Paula disse...

Adorei Carol....uma forma belíssima de falar da maternidade/paternidade que todos nós trazemos no nosso coração...parabéns!

Priscila Rôde disse...

Carolina, que bonito isso!

"Gravidez de vida não acaba, renova-se."

Palavra bonita essa: RENOVAR!

Tatiana Lazzarotto disse...

lindo, lindo.
grávida também, mais do que nunca.

sergio disse...

Carol! Adorei o texto ("grávida"). Digno de registro!
Ah, localizei teu blog pelo twitter da Tatilazz. Valeu! Escreva sempre. E mais! abç, gadini

Déia disse...

Ui, que linda inspiração!!

Estas sensível, usando lindas analogias... estarias tu apaixonada? rs

Pela vida, talvez!

bj

@AllvaroWanna disse...

Oi, achei seus textos bem clássicos.De um romantismo antigo.

to seguindo você aqui!
bjs

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Lindo... lindo demaisss!*-*

Falando nisso, acho que nunca me visitou... "/

BeijO
http://evesimplesassim.blogspot.com/

Daniel Savio disse...

Bonito, mas sempre seremos pais e mães de novas esperanças...

Fique com Deus, menina Carolina Filipaki.
Um abraço.