sábado, 19 de dezembro de 2009

Desculpe, foi engano.

Mais uma prestaçãozinha para o inferno eu paguei, mas não consegui resistir. A maldade às vezes toma conta de mim...

Na noite anterior eu sai e cheguei em casa às 5h. Acordei às 8h. Passei o dia com sono e trabalhei muito. Lá pelas 20h, resolvi deitar e tirar uma soneca, antes de sair de novo. Minha irmã estava na cozinha. Tocou o telefone e ela atendeu:

- Alô? Não, não senhora. Este não é o número correto, não tem ninguém com este nome aqui. Isso. Aham. Tudo bem. Tchau.

Dez segundos depois:
- Alô? Não, a senhora ligou errado de novo. É. Não, não é da casa dela. De nada. Tchau.

Menos de um minuto mais tarde o telefone toca de novo.
- Ahhhh.... Eu não vou atender! - esbravejou minha irmã.

Então eu levantei com a voz séria e atendi:
- Funerária, boa noite!
- Crendios pai! - responderam do outro lado da linha.
- Alô? Posso ajudá-la?
Desligaram e eu enfim poderia dormir tranquila.

A história poderia terminar aqui. Porém, a pessoa não desistiu. Ela demorou uns três minutos para tomar coragem e ligou de novo.
- Funerária 24 horas, boa noite! Em que posso ajudá-la?
Ela pensou, demorou e disse:
- Olha só, aqui é a Joana do Guto. Este número não pode ser da funerária. Você está brincando comigo, né?
- Minha senhora, este telefone é da funerária 24 horas. Estamos nele há mais de 6 meses. A senhora está muito nervosa, eu posso ajudá-la? Quem foi que morreu? Já entrou em contato com o IML?
- Crendios pai! Eu tenho este telefone aqui que é da minha vizinha.
- Senhora, este número que você tem está errado. Este é o telefone da funerária 24 horas. Prestamos assistência à família, temos caixões, organizamos a missa e tudo o que for necessário para o enterro. A senhora precisa de algum dos nossos serviços?
- Não. Mas este telefone era da minha vizinha.
- ...
- Então ta bom.
- Agora a senhora já tem o nosso telefone, precisando, é só ligar.

Ela não ligou mais e eu também não dormi, pois a crise de riso depois que deixei de lado a voz de atendente de funerária me tiraram o sono. Ligar para um número e passar trote pode ser divertido, mas passar trote em quem liga não tem preço.

“Pura maldade e falta de paciência”, alguns dirão. Porém, o telefone desta casa é incrível. Pelo menos uma vez por dia ligam errado. Tem um tal de Agostinho que deve para as Pernambucanas e eles ligam direto para cobrar. Não acreditam que a linha não é mais dele. Outro dia foi uma senhora da Legião da Boa Vontade que passou 10 minutos fazendo com que eu me sentisse egoísta até que eu disse para ela que boa vontade eu tenho, só não tenho dinheiro. Trocando o 4 pelo 6 o meu número seria da loja Romeira e é incrível a capacidade das pessoas de confundir dois números tão diferentes.

Já estou pensando em fazer uma gravação, uma música do padre Zezinho no fundo e eu falando:
- Você ligou para a funerária 24 horas. Para escolher o modelo do caixão, tecle 1. Para encomendar uma coroa de flores, tecle 2. Para contratar uma carpideira para chorar no velório, tecle 3. Para informar término de mortadela para os sanduíches dos parentes que vieram de longe, tecle 4. Para informar a ressurreição do morto, tecle 5. Para falar com um de nossos atendentes, tecle 6.

13 fizeram a Carol feliz...:

Déia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

chorando de rir!!!!

Só vc!!

bj

Maris Morgenstern disse...

oi.
alô?
tem alguém ai?
Moça, acabou a mortadela e tem uns parente chegando de onibus que aprefeitura emprestou e tão chegando com fome,
moça,
por favor
tem como mandar mais mortandela por favor
e faz favor de mandar mais pão e pó de café também.
Obrigada.
Ps. o morto nao ressucitou.

Carol disse...

Por favor, continue na linha!
Sua ligação é muito importante para nós! Dentro de alguns instantes iremos atendê-lo!
laralaralaralaralaralaralaralaralaralralralaralaralralra

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, que foi maldade, isto foi...

Mas neste caso a pessoa merecia, pois não se conteve em ouvir a verdade.

Fique com Deus, menina Carol.
Um abraço.

Luciana Guimarães disse...

Maldade nada... O povo não tem noção... Liga mil vezes, parece burro empacado. Eu nunca tive coragem de fazer isso, mas fico fula da vida quando alguém me liga e ainda pergunta quem está falando. Lindo texto. Bjs

Michele Mitsue disse...

Eu conheço a peça! A bicha é cruel, sem coração mesmo! rsrsrs
Beijossss

dand disse...

Hahahah... Carolzita...Adoreei o trote...Estou rindo horrores aqui hahaha.. Vc me deu uma ótima idéia rsrs.

Passar trote em quem liga, realmente não deve ter preço...tá vendo...como tudo muda mesmo... hoje em dia o trote deu uma reviravolta huahauaa..

Um grande abraço e ótimas festas de fim de ano.

Fabiano Mayrink disse...

Hoje é véspera de um dia muito especial entao vim aqui espalhar alegria e desejar um natal repleto de felicidades, um enorme abraço!

Liciane disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

amiga
Que este ano que se inica seja regido por muita paz, que o amor reine no coração de todos e que você realize seus desejos.
Que 2010 seja um sucesso!
Feliz Ano Novo!!!! \o/ \o/

beijos

Maris Morgenstern disse...

viu...
eu já te contei como é deificil chegar aqui?
eu clico na sua fotinha
abro o blog da tati, de lá vou pro mulheres de atenas e de lá acho o link pra vir aqui.
pq vc complica minha vida?

Anônimo disse...

lembra do hippie que te deu o livreto de poesias em troca da intera da passagem?
quer conhecê-lo?

lilian disse...

Hahahahahahha
adorei Carollll

mas deixa te conta, na minha casa eu atendo assim:
-Funerária Santa Maria sua Morte é nossa alegria, no que podemos ajudar?

hehehehehheeh
mas gosta da iniciativa, hj o povo não tem noção mesmo!

hhehehe

beijOOoo

Idiota disse...

Colecionamos esse tipo de história aqui em casa...
http://cagadadeurubu.blogspot.com/2009/12/telefone-do-capeta.html